8 de outubro de 2015

Dicas para a prova de Ciências Humanas

Olá pessoas lindas do meu core, boa noite!  <3 
Eu trouxe novidades! Calma que eu já vou contar. rs
Estou a mais ou menos 3 dias em um grupo do Whatsapp criado pelo professor Cláudio Recco, onde ele publica diariamente Dicas para a prova de Ciências Humanas do Enem, mas como eu sou muito gente boa né?! Com a autorização do Cláudio, compartilharei com vocês as dicas dele. ;) 

1ª Dica:
Durante a maior parte do século XX, o estudo das Ciências Humanas foi caracterizado pela memorização de uma sucessão de fatos, com datas e personagens definidos, normalmente tratados como heróis, como Napoleão ou Getúlio Vargas; pela discriminação de localidades, tratados e acidentes geográficos.

No final do século XX, após o final da ditadura militar no Brasil, o ensino passou a valorizar o conhecimento, com a preocupação de não mais ser considerado “decoreba”. A história heroica e sem nenhum senso crítico foi eliminada, mas em seu lugar foi reforçada a ideia da necessidade do “conhecimento”, um conhecimento amplo e profundo, sem censura, sem limites, na medida em que se recuperaram valores relacionados à liberdade e democracia.

No que se refere à geografia, os aspectos humanos e econômicos voltaram a ter maior ênfase, ficando em segundo plano a geografia física e descritiva. Na verdade, esses aspectos, até então apresentados como estanques, isolados cada um num capítulo, passaram para uma visão integrada.

Também foi nesse período que passamos a tratar de “geopolítica”, analisando situações problemas, normalmente envolvendo conflitos e guerras, entendidas não apenas como uma disputa por territórios, mas que caracterizadas por um conjunto de interesses.

Gradualmente as disciplinas de Filosofia e Sociologia foram reintroduzidas no currículo escolar; porém pode-se afirmar que com pouco reconhecimento de agentes educadores e dos próprios estudantes.

Gostaram? Então é só continuar lendo para conferir mais dicas! :)



Mas quem é Cláudio Recco



Claudio Barbosa Recco é formado em História pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP)
Leciona desde 1982 no ensino médio e desde 1987 em cursos pré-vestibulares.
Participou da correção de diversos vestibulares de São Paulo e de programas de rádio comentando as questões e suas resoluções.
Foi colaborador do jornal Folha de S. Paulo, no caderno Fovest (Folha do Vestibular), para o qual escreveu 25 artigos ao longo de 2 anos.
Foi colaborador da Revista “Desvendando a História”
Responsável pelo blog Vou Passar no Enem!

      É autor dos livros:

  • História em manchete – na virada do século (Xamã, 2000);
  • História em manchete – o início do século (Ativa, 2002)
  • História e vestibular (Xamã, 2005).
  • História em Manchete, no Vestibular (Xamã, 2008)
  • Presidentes do Brasil – Biografia Política (Xamã 2010)


Bom, agora que vocês já conhecem o Cláudio, vamos continuar com as dicas. :)

2ª Dica: 
A área de Ciências Humanas foi dividida em 6 áreas de competências com 5 habilidades em cada uma, totalizando 30 itens.

Desde o início do século XXI, destaca-se a preocupação com o desenvolvimento de habilidades dos estudantes, que superem o próprio conhecimento, no entanto a maioria das escolas se adequa lentamente a essa concepção e as escolas que trabalham com apostilas, têm maior dificuldade.

O aprendizado da História no ensino médio não despreza o conhecimento e o próprio ENEM exige esse “conhecimento”; no entanto, o conhecimento por si só não é o objetivo do ensino dessa disciplina e sua cobrança no exame exige novas habilidades.

Resumindo: como deve ser utilizado o conhecimento adquirido? No caso das Ciências Humanas, temos uma ciência que se apoia na crítica e procura compreender o desenvolvimento dos grupos humanos, caracterizados por suas próprias contradições, ao longo do tempo.

3ª Dica: 
CAROS, boa parte das dicas são teóricas. Se ler tudo vai entender.
o ENEM cobra conteúdo, mas esse não é o foco.
Quando o MEC elabora a prova ENEM, o que ele pensa?
O que ele pretende exigir de você?
A prova tem uma filosofia? tem um objetivo claro de avaliação? SIM!
Então não se assustem com as primeiras postagens; elas não estão preocupadas com os "temas" da História, porque o ENEM também NÃO ESTÁ.

4ª Dica:
O ENEM não despreza o "conteúdo" tem que saber o básico mas em muitas situações exige o domínio de certas ferramentas, certas capacidades. 
Abordarei isso em breve!
Nas dicas abordarei as exigência,  competências e habilidades que o ENEM exige em C Humanas.

Não basta conhecer o que aconteceu “no passado”, não basta conhecer as frases mais populares de alguns filósofos, nem as linhas que separam países e suas atividades econômicas predominantes. 
É necessário perceber:
- a importância de experiências sociais passadas e suas implicações posteriores; 
- que algumas sociedades viveram experiências semelhantes, porém optaram por caminhos diferentes; 
- que as opções de uma sociedade são marcadas por conflitos de interesses;
- que os modelos sociais variam de acordo com concepções de vida e de mundo diferentes.

O ENEM apresenta questões que abordam temas atuais ou adotam uma fórmula que mescle o tema atual com o “passado”, quer dizer, com sua origem histórica, os interesses sociais, os deslocamentos populacionais e as bases culturais que alteraram a formação e organização das sociedades no tempo e espaço.
As questões sobre “atualidades” têm a intenção de perceber se o vestibulando acompanha as noticias, possuí leitura de jornais e revistas, se está “ligado” no mundo, pelo menos no que se refere aos fatos mais marcantes. Muitas vezes essas questões exigem mais do que conhecimento, exigem reflexão e a adoção de uma posição crítica sobre o tema abordado.


Por hoje é só! Acompanhem o blog, que postarei sempre que possível as dicas do professor Cláudiol! :) 
Bons estudos! 2bjs! :*















COMENTE PELO BLOG!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que bom que você chegou até aqui! ♥
Deixe a sua opinião, sugestão, críticas, elogios...
Se for blogueira, deixe o link do seu blog pra eu poder visitá-lo.
Se me seguir, avisa que eu terei o enorme prazer de seguir de volta. :)
Volte sempre!

Páginação - Não altere este gadget!